Josephine Langford fala sobre sua experiência em After e a irmã Katherine!

Josephine Langford nasceu no dia 18 de agosto de 1997 em Perth, Australia, filha dos médicos Elizabeth e Stephen Langford e irmã mais nova de Katherine Langford. Desde cedo, Josephine já sonhava em ser atriz e em 2013 iniciou sua carreira e desde então nunca parou. Leia mais

Por em abril 18, 2019
por Mariana Mijares – (18 de Abril de 2019.)

Josephine Langford, a irmã de Katherine Langford nos conta sua experiência em After, o filme baseado na fanfiction que tem mais de um bilhão de visualizações!

After nasceu quando a autora americana Anna Todd começou a escrever no Wattpad uma história romântica e intensa entre Tessa Young e Harry Styles (inspirado no cantor do One Direction mas chamado de Hardin Scott nos livros). Essa se tornou viral e evoluiu para uma saga de livros e agora, um filme protagonizado por Hero Fiennes-Tiffin e Josephine Langford.
A história foca em Tessa (Langford), uma jovem no seu primeiro ano da faculdade, acostumada com uma vida organizada mas cujo o mundo muda ao conhecer Hardin (Fiennes), um ‘bad boy’, um cara com tatuagens, irresistivelmente atrativo e rebelde, com quem Tessa tem a sua primeira vez. A partir desse momento, sua vida depois não será a mesma.
Em exclusiva, Josephine nos conta sobre sua própria vida como estudante, porque acha que nos atraímos por caras maus e sua química inegável com Hero Fiennes-Tiffin.

“É muito importante para as garotas verem um filme sobre uma mulher forte, com autonomia e que toma suas próprias decisões se mantendo fiel à si mesma.”

Seventeen: Como você se identifica com a sua personagem?
Josephine: Sinto que há pessoas que conheço que agem impulsivamente como ela e tentei ser nesse sentido como elas. Eu também procuro não ter muito a esconder. Eu tenho a tendência de inspirar minhas personagens em pessoas que eu conheço porque é difícil julgar a si mesmo.

Seventeen: Qual foi a cena mais difícil?
Josephine: A cena do lago foi complicada. Me molhava e me secava várias vezes. Havia uma possibilidade de tempestades, então quando terminamos a cena, fomos ajudados pelo pessoal de segurança.

Seventeen: Foi um desafio interpretar sua personagem?
Josephine: Sim, mas acredito que queríamos que fosse um desafio, especialmente quando se trata do seu primeiro papel de protagonista. Realmente não se sabe o que esperar e você quer pular fundo.

Seventeen: Nesse filme, Tessa é uma universitária, como você era como estudante?
Josephine: Bem, eu não fui para a universidade como Tessa, mas posso falar da minha experiência no colegial. Alguns anos eu era uma estudante muito dedicada, mas outros [anos]nunca fiz o dever de casa. Me descreveria como uma mistura volátil.

Seventeen: Tessa adora ser organizada e ter tudo sob controle. Você é mais como ela ou se considera mais relaxada?
Josephine: Acredito que sou meio a meio, estou no meio da personalidade A e personalidade B. Digo, eu amo ser organizada, mas às vezes também gosto de improvisar. Uma metade justa.

Seventeen: Essa história se tornou um fenômeno, isso te fez se sentir pressionada de alguma maneira?
Josephine: Acho que foi até filmarmos que eu entendi como era grande e a quantidade de fãs que tem, tanto a fanfiction quanto o romance. No meu caso, até que muitos fãs começaram a chegar aos locais, e no nosso hotel, eu entendi que as pessoas realmente eram apaixonadas por essa história.

Seventeen: Pessoalmente, você já teve muita interação com os fãs?
Josephine: Honestamente, eu não tive muita aproximação com eles. Durante as filmagens, como literalmente estou em todas as cenas – menos em uma – estive sempre ocupada filmando. Mas eu espero que quando começarmos a divulgar o filme isso mude.

Seventeen: Qual foi a sua primeira impressão ao ler o livro e o que você mais gostou em Tessa, sua personagem?
Josephine: Quando o li pela primeira vez, eu gostei como conhecemos a Tessa como uma mulher forte, segura, que toma suas próprias decisões. Ela é uma mulher inteligente e que não muda para agradar os outros. Eu gosto dessa personagem e acho importante vê-la em um romance e um filme para jovens.

Seventeen: Por que você acha que quando somos jovens, tendemos a nos apaixonar pelos caras maus?
Josephine: Sim, isso acontece. Mas mais do que “maus”, acredito que mulheres jovens, com pouca experiência com amor e relações, tendemos a nos apaixonar por caras experientes. A essência disso, desses “jogadores”, é que eles têm muitas qualidades atrativas: são simpáticos, inteligentes, divertidos e por isso muitas jovens se apaixonam por eles. E quando não se tem experiência, é difícil captar esses sinais.

Seventeen: No entanto, nessa história, a conexão entre os personagens torna-se real e intensa…
Josephine: Exato, eu descreveria a relação de Tessa e Hardin diferente. Eles têm primeiro: uma conexão intelectual poderosa, ambos amam romances e isso os atrai inicialmente.

Seventeen: Falando apenas de conexões poderosas, o que pode nos contas sobre a química que teve com Hardin?
Josephine: Bom, eu espero que tenhamos representado a química ou nós estamos fritos (risos). Acredito que somos muito sortudos de termos química, e foi quase imediato porque não tivemos muito tempo para nos conhecer antes de iniciar o projeto.

Seventeen: Falando apenas da relação entre os personagens, você acha que como no filme, os primeiros amores podem marcar um antes e um depois em nossas vidas?
Josephine: Especialmente, nosso primeiro amor é super importante, é a primeira vez que se sente algo intenso por alguém. Explorar-lo realmente pode mudar sua identidade. E nessas relações, o componente físico é um grande fator, algo que te faz amadurecer, mudar.

Seventeen: Por que você gostaria que as leitoras da Seventeen vissem After?
Josephine: Bem, não só as garotas, também gostaria que os garotos vissem! Acho que é uma história muito boa sobre uma mulher jovem que explora sua sexualidade pela primeira vez e que amadurece e muda a partir disso. Além disso, acredito que é muito importante para as garotas ver um filme sobre uma mulher forte, com autonomia e que toma suas próprias decisões mantendo-se fiel a si mesma. Muitos filmes não mostram isso.

Seventeen: Sobre a sua irmã Katherine, como é sua relação? Como vocês se apoiam?
Josephine: É complicado porque vivemos em países diferentes, não nos vemos tanto porque estamos trabalhando muito mas quando nos encontramos, nos vemos com gosto e organizamos pequenas celebrações. Nossa relação se trata justamente de nos apoiarmos, parabenizarmos e nos encorajar

Matéria: SevenTeen México. | Tradução: Carol (Equipe Josephine Langford Brasil.)

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Últimas da galeria

Layout por Rosé e codificado por Gabriela Gomes • Josephine Langford Brasil • Hosted by Flaunt